Atualizado em 21:24

Sites de prefeituras de várias regiões do Tocantins são hackeados, inclusive Paraíso do Tocantins



Pelo menos 15 municípios tiveram sites invadidos.
Mensagens ‘quem guardará os guardiões?’ e ‘reze pela Síria’ foram deixadas.

Pelo menos 15 prefeituras do interior do Tocantins tiveram os sites hackeados nesta segunda-feira (7). Os portais invadidos terminam com o final ‘to.gov.br’ e a empresa responsável pelo suporte fica no Mato Grosso. Nos sites aparecem algumas imagens e em uma delas há a seguinte mensagem em latim: “quem guardará os guardiões”.

Em outra imagem deixada pelos hackers há a seguinte frase em inglês: ‘pray 4 Syria’, que traduzida significa ‘reze pela Síria’.

prefeitura-paraiso-hackeada-01

Uma das imagens deixadas por hackers em sites invadidos no Tocantins (Foto: Reprodução)

Conforme levantamento feito pela produção da TV Anhanguera, as prefeituras que tiveram seus sites hackeados são: Lagoa da Confusão, Miracema do Tocantins, Paraíso do Tocantins, Alvorada, Dueré, Sandolândia, Cariri do Tocantins, Aliança do Tocantins, Chapada da Natividade, Pugmil, Taipas do Tocantins, Aguiarnópolis, Juarina, Luzinópolis e Itaguatins.

O assessor de imprensa da Prefeitura de Lagoa da Confusão, Zacarias Martins, que também teve o portal invadido, informou que já registrou boletim de ocorrência. “A prefeitura está tomando as providências para colocar o site no ar o mais rápido possível. Todo o nosso sistema está fora do ar, por isso, quem precisar emitir uma nota fiscal ou imprimir um boleto do IPTU não terá acesso”. Segundo ele, não há prazo para o site voltar a funcionar.

O G1 entrou em contato com a empresa MPX Brasil, que segundo o assessor é responsável pela manutenção dos sites, mas os telefonemas não foram atendidos até a publicação desta reportagem.

prefeitura-paraiso-hackeada

Imagem deixada por hackers em sites invadidos (Foto: Reprodução)

G1 Tocantins