Atualizado em 13:23

Protestos contra o governo Dilma são registrados em cidades do Tocantins



Manifestações são realizadas em Palmas e Araguaína, norte do estado.
Grupos apoiam juiz Sério Mouro e pedem o impeachment da presidente.

manifestacao-palmas

Manifestantes se reuniram na Praça dos Girassóis, em Palmas (Foto: Eurílio/G1)

Manifestações contra o governo de Dilma Rousseff e a nomeação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva como ministro da Casa Civil foram realizadas em Palmas e em Araguaína. Os protestos começaram no final da tarde desta quinta-feira (17).

Em Palmas, os manifestantes se reuniram na Praça dos Girassóis, no centro da capital. Com faixas e palavras de ordem eles apoiam o juiz Sérgio Mouro, responsável pelo julgamento da operação lava-jato, e gritam contra o governo do Partido dos Trabalhadores (PT), além de pedir a saída de Dilma da presidência.

A manifestação foi convocada pelo movimento Vem Pra Rua e cerca de 30 pessoas estiveram no local, segundo os organizadores. A Polícia Militar não divulgou contagem oficial.

“Nós viemos para chamar a atenção da população vira às ruas para nós lutarmos por Justiça. Essa é a hora do povo mostrar que está insatisfeito. A paz é fruto da justiça e nós vamos exigi-la. Só assim o Brasil vai ser livre”, disse a Lorena Ferro, representante do Movimento Vem Pra Rua.

No município de Araguaína, norte do estado, um grupo realizou uma passeata pela avenida Cônego João Lima, uma das principais vias da cidade. Organização e PM contaram 1 mil pessoas no local.

Segundo o movimento, manifestações também seriam realizadas em Tocantinópolis, Nova Olinda, Paraíso do Tocantins e Colinas.

manifestacao-araguaina

Manifestantes também protestam em uma das principais avenidas de Araguaína (Foto: Fabíola Sélis/TV Anhanguera)

G1 Tocantins